Aprenda a calcular km rodado das viagens da sua empresa

Quando a empresa trabalha com uma equipe externa, calcular km rodado faz parte da rotina. Por isso, aprender o que compõe esse cálculo ajuda a ressarcir as despesas dos colaboradores da forma correta.

Acompanhe agora o que é preciso para chegar ao valor final do reembolso por quilometragem de maneira simples, mas bastante eficiente.

Como calcular km rodado?

É essencial saber como calcular o valor médio de gastos em viagens de funcionários. Isso é importante para as finanças de um negócio, independentemente do tamanho. 

A boa notícia é que a conta é simples :

  • considere o valor do litro de combustível;
  • saiba o consumo médio do veículo.

Logo, para ter certeza sobre os valores, instrua os colaboradores a registrarem os litros abastecidos e o preço, além da quilometragem do veículo no momento de abastecer, lembrando que isso deve ser feito a cada novo abastecimento. Assim, será mais fácil evitar erros no cálculo do reembolso.

Depois de ter esses dados, use esta fórmula:

valor do litro de combustível / número de quilômetros rodados = valor do reembolso

Veja como fica em números:

  •  R$ 3,50 / 50 KM = R$ 0,07 por km rodado.

Como você viu, o cálculo do combustível é muito simples, porém há outros fatores envolvidos em uma viagem. 

Entenda como calcular essas variáveis para fazer o reembolso de despesas de forma precisa. 

O que mais conta no valor do quilômetro rodado?

Para começar o cálculo é necessário considerar: o modelo do veículo, o tempo que rodará em serviço e a quilometragem que será percorrida.

Para exemplificar, os diretores de uma empresa, que normalmente têm carros mais caros, apresentam um valor de reembolso superior aos valores de sua equipe externa. Por isso, é essencial ter uma política de reembolsos bem definida.

Dessa forma, considere:

  1.     Combustível: as variações no preço do combustível, programando uma revisão bimestral, semestral ou anual desses valores.
  2.     Depreciação: esse é um fator que deve ser lembrado ao calcular o km rodado. Seu cálculo é feito de acordo com base na Tabela Fipe.
  3.     Revisões: confira os valores básicos gastos com revisões do veículo enquanto estiver rodando a trabalho.
  4.     Manutenção: também é importante definir um percentual para a manutenção em serviço. Neste ponto estão troca de correias, limpeza, danos aos pneus etc.
  5.     Alinhamento e balanceamento: esse item garante que o carro rode em boas condições. Determine uma periodicidade em que esses serviços serão feitos.

Como calcular km rodado com mais facilidade?

Você sabia que esse cálculo pode ser completamente automatizado com um app de reembolso de despesas

O aplicativo da Km Online oferece o cálculo por quilometragem e diversas outras funções, tais como:

  • possibilidade do colaborador solicitar reembolso de despesas via aplicativo;
  • digitalização de recibos via OCR;
  • definição de alertas e políticas de despesas;
  • workflow de aprovações multinível;
  • reembolso de quilometragem via GPS;
  • configuração de centro de projetos, custos e clientes.

Todas essas funcionalidades do app de reembolso da Km Online são uma grande ajuda durante os processos mais burocráticos. Então vale a pena conferir essas opções para a sua empresa!

Agora que você já sabe calcular km rodado e o que mais precisa considerar, ficará muito mais prático fazer a planilha de reembolso de despesas. 

E se você quiser saber mais sobre o aplicativo, entre em contato agora com a KM Online e tire todas as suas dúvidas.

2020-03-23T11:45:54+00:00 Março 23rd, 2020|Geral, Gestão de Equipe, Reembolso de quilometragem|